terça-feira, 15 de setembro de 2015

terça-feira, 15 de setembro de 2015
5915855421540098619
Cataratas do Iguaçu no lado argentino - Puerto Iguazu
http://www.ulige.com.br/2015/09/cataratas-do-iguacu-no-lado-argentino.html
Vem conhecer um pouco das Cataratas do Iguaçu
As Cataratas do Iguaçu são bem famosas no mundo todo, pessoas de várias partes do mundo vêm para conhecer essa beleza natural; eu, particularmente, não tinha taaanta vontade de conhecer, haha, mas ao planejar uma viagem pelo Brasil essa acabou sendo minha escolha.





Comecei conhecendo o lado argentino e, M-E-U D-E-U-S, que coisa maravilhosa! Há duas trilhas: uma com a vista de cima das cachoeiras e outra com a vista de baixo. Fui primeiro na trilha com a vista de cima, onde dá a impressão que estamos em cima das quedas - é demais essa sensação! Nessa trilha há pequenas pontes que se ligam umas às outras, e você passa por elas para contemplar tudo aquilo.





Vista de cima das cataratas


Depois da primeira trilha demos uma paradinha em uma lanchonete com vááários micos em volta que adoram roubar a comida alheia, hahaha, inclusive abriram a mochila de um rapaz para fuçar; havia também quatis, que já deram as boas-vindas logo na entrada do parque e não podem ouvir o barulho de uma sacolinha que já correm para bisbilhotá-la. Na lanchonete, eu acabei não comendo nada, mas um lanche era 40 reais (sim, minha gente, o parque é MUITO caro).





Quatis



Micos 

Descansados, seguimos para a trilha embaixo das cachoeiras: simplesmente surreal! <3 Foi minha parte favorita... aquela água caindo, a impressão de estarmos dentro das quedas, arco-íris se formando... <3 <3 Sério, é indescritível! Só estando lá para saber o que é aquilo.





Depois das duas trilhas, pegamos um pequeno trem em direção à "Garganta del Diablo". Quando descemos do trem ainda temos que andar quase 2 km até a queda mais forte de toda a catarata. Antes disso, paramos para comer algumas empanadas (3 empanadas e um refrigerante de 500 ml foi em torno de 40 reais); é caro... por isso eu indico levar lanchinhos.
E começamos a longa caminhada pela ponte em cima de um enorme rio, com alguns banquinhos pelo caminho para descansar. Quando chegamos, uma explosão (literalmente): as quedas são tão fortes que não dá para ver nada lá embaixo, e é tão bonito que você fica boquiaberto. Enquanto eu tirava umas fotos, fui surpreendida com uma "superchuva" haha, sortuda que sou, a cachoeira começou a "jorrar" mais água bem na hora que eu me posicionei para a melhor foto ever, hahaha! E,claro, fiquei sem a foto por sair correndo para não ferrar com a minha câmera.





Na volta pegamos o mesmo trenzinho para ir até a portaria; e, supercansados, comemos um delicioso alfajor (esse eu não sei dizer se é caro ou barato) na saída do parque (você também encontra sorveteria Fredo e outras comidinhas).

Uma dica: se você for ficar mais dias e quiser conhecer o parque de uma maneira mais ampla, vá duas vezes, pois ele tem muita coisa legal que eu acabei não fazendo devido ao tempo, e você indo dois dias seguidos o parque te dá 50% de desconto no segundo dia.

O valor do ingresso é 200 pesos para quem mora no Mercosul e 260 pesos para os demais visitantes.


https://www.blogger.com/profile/14657032355176316743
ulige
2015-09-15T13:30:00-03:00
Argentina Maiara Monteiro Viagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário