terça-feira, 1 de setembro de 2015

terça-feira, 1 de setembro de 2015
5486858278079423213
Peru: Cusco, a capital Inca
http://www.ulige.com.br/2015/09/peru-cusco-capital-inca.html

Surpreenda-se com a encantadora cidade de Cusco, a capital Inca
Parada obrigatória para quem vai subir a Machu Picchu, Cusco, cidade a qual o Império Inca elegeu como capital, oferece diversas atrações às dezenas de turistas de todo o mundo que chegam à cidade todos os dias.




De mercados típicos a galerias de artes, diversos museus e muitas histórias para contar, Cusco se torna surpreendentemente um destino inesquecível para viajantes de todos os estilos.


Plaza de Armas

A principal praça da cidade, a Plaza de Armas, é o ponto central do centro histórico de Cusco; nela estão alguns dos principais museus – como o Museo Inka, que conta toda a trajetória dos antigos andinos (Av. Huayruropata, 1223) –, excelentes restaurantes e bares e lindas igrejas.


Catedral, Plaza de Armas


Entrada do ‘Museo Inka’


City tour

A capital Inca oferece um city tour por todos os centros turísticos da cidade, como Cristo Blanco, uma miniatura do Cristo Redentor carioca, onde há uma linda visão panorâmica da cidade; Sacsayhuaman, uma incrível fortaleza inca, hoje em ruínas; diversas “plazas” (praças) e “calles” (ruas) riquíssimas em cultura.


Opte pelos ônibus autorizados como o da foto para fazer o passeio. Os tíquetes podem ser comprados em uma das dezenas de agências de turismo da cidade ou por ambulantes autorizados que são encontrados aos montes nos arredores da Plaza de Armas.


Cristo Blanco, o pequeno redentor de Cusco


Sacsayhuaman


‘Las andinas’


Vista panorâmica de Cusco


Também vale a pena conhecer os sítios arqueológicos Moray, Pisaq e Ollantaytambo, que ficam, bem como Cusco, no Valle Sagrado de los Incas.


Qorikancha

Uma das atrações imperdíveis de Cusco é o Museu Arqueológico Qorikancha (o Templo do Sol; Plaza Santo Domingo, s/n). Erguido em homenagem ao deus Sol, o templo foi feito com pedras perfeitamente polidas e encaixadas. Foi destruído pelos espanhóis, e lá eles ergueram uma igreja. Curiosamente, o grande terremoto de 1950 destruiu uma parte da construção espanhola e, assim, expôs o Templo do Sol, que resistiu ao tremor graças às técnicas incas de construção. Qorikancha é hoje uma mistura arquitetônica das fantásticas ruínas incas e a beleza barroca espanhola, além de abrigar o convento de São Domingos.


Qorikancha e seus enormes muros incas


Pátio interno de Qorikancha


Muros incas originais

A entrada de Qorikancha custa 10 nuevos soles (pela cotação da época, julho de 2015, 1 por 1), mas é possível comprar um boleto turístico por volta de 130 nuevos soles, válido por 10 dias, que dá acesso a muitos outros sítios arqueológicos, museus e igrejas.


Mercado San Pedro

O típico Mercado Central de San Pedro é parada obrigatória para todo viajante que vai a Cusco. É ótimo para comprar produtos locais e lembrancinhas; mas, atenção, é preciso pechinchar! Caminhe pelos corredores e encontre artesanato, roupas, frutas, pães, temperos, queijos, comidas típicas e carnes – se você como eu é vegetariano, evite este último corredor; é preciso MUITO estômago, pois as carnes, inclusive as mais improváveis, ficam expostas de maneira insalubre e o mau cheiro é fortíssimo.



Corredor das frutas no Mercado San Pedro


Alguns ‘regalos’ (lembrancinhas)


Em Cusco, opções são que não faltam; deixe-se encantar por essa incrível capital Inca.





Fotos por: Dektri









https://www.blogger.com/profile/14657032355176316743
ulige
2015-09-01T13:30:00-03:00
Cusco Dicas Nathália Lippi Viagem Viagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário