quarta-feira, 4 de novembro de 2015

quarta-feira, 4 de novembro de 2015
2149336876959461112
Pobres ouvidos
http://www.ulige.com.br/2015/11/pobres-ouvidos.html
Um dos geniais "Quadrinhos Ácidos" do ilustrador Pedro Leite
Este genial quadrinho do ilustrador Pedro Leite apresenta erros crassos de português que ouvimos com frequência.



Para não errar mais, as palavras corretas são: “para eu fazer”; “degraus”; “obrigada”; “conosco”; “meio”; “cérebro”; “menos”; “variam”; “advogado”.

No caso do “obrigado”, o adjetivo deve concordar com quem fala, ou seja, a concordância é definida pelo sexo de quem está agradecendo: meninas dizem obrigada, enquanto meninos dizem obrigado;

Já “menas” não existe; e “meia”, nesse caso, também não. A palavra meio quando significa metade é numeral, portanto concorda com o substantivo a que se refere: “meia garrafa de refrigerante”; mas quando a palavra meio significa “mais ou menos” é advérbio de intensidade, que é invariável e não se flexiona: “eu coloquei menos maionese dessa vez”.
https://www.blogger.com/profile/14657032355176316743
ulige
2015-11-04T13:30:00-02:00
Discursiva Nathália Lippi

Nenhum comentário:

Postar um comentário