quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015
1741691519756712879
Os erros de português mais comuns no trabalho – Parte 2
http://www.ulige.com.br/2015/12/os-erros-de-portugues-mais-comuns-no_9.html
Meio ou meia? Perca ou Perda? Descubra!
Continuando a lista dos erros mais comuns no trabalho. Veja a Parte 1, com os primeiros 10 erros, aqui.

11. Meia / Meio
“Ela estava meia nervosa na reunião”
“Ela estava meio nervosa na reunião”
“Meio”, como advérbio, no sentido de “um pouco”, “um tanto”, é invariável. Como numeral, concorda com o substantivo. Ex.: “Ele comeu meia maçã”.

12. Perca / Perda
“Há muita perca de tempo com banalidades”
“Há muita perda de tempo com banalidades”
“Perca” é verbo e “perda” é substantivo. Exs.: “Não perca a esperança!”, “Essa perda foi irreparável”.

13. Acerca de / A cerca de
“Estavam discutindo a cerca de política”
“Estavam discutindo acerca de política”
“Acerca de” significa “a respeito de”, “quanto a”, “sobre”. Já “A cerca de” significa “nas imediações”, “perto de”; “com valor, tempo ou distância aproximada”. Ex.: “Eu trabalho a cerca de 5 km daqui”.

14. Descriminar / Discriminar
“Os produtos estão descriminados na nota fiscal”
“Os produtos estão discriminados na nota fiscal”
“Descriminar” significa “absolver”, “inocentar”. Ex.: “O juiz descriminou o jovem acusado”. “Discriminar” significa “especificar”, “distinguir”, “diferenciar”.

15. Traz / Trás
“Ele olhou para traz
“Ele olhou para trás
“Traz” é a conjugação do verbo “trazer” na 3ª pessoa do singular do presente do indicativo. Ex.: “Ela traz os relatórios para a gerência”. “Trás” significa “parte posterior”, “atrás”.


Fonte: http://www.brasilpost.com.br/2015/10/08/50-erros-de-portugues-comuns-no-trabalho_n_8265912.html

https://www.blogger.com/profile/14657032355176316743
ulige
2015-12-09T13:30:00-02:00
Discursiva Nathália Lippi

Nenhum comentário:

Postar um comentário