segunda-feira, 30 de maio de 2016

segunda-feira, 30 de maio de 2016
352249129702860687
#EspecialOlimpíadas2016: Ciclismo
http://www.ulige.com.br/2016/05/especialolimpiadas2016-ciclismo.html

BMX, Ciclismo de pista, Mountain Bike e Ciclismo de Estrada são as quatro modalidades que comentamos hoje, confira
O Ciclismo possui quatro categorias: BMX, Ciclismo de Estrada, Mountain Bike e Ciclismo de Pista.


O BMX é uma das mais novas modalidades a entrar nas olimpíadas, sua primeira aparição foi em 2008 nos jogos de Pequim.


No masculino são 32 atletas, que primeiro fazem uma volta pela pista; com o tempo são formados 4 grupos com 8 atletas cada, os grupos disputam 5 corridas com pontuações que variam de 1 a 8, sendo 1 para o primeiro lugar e 8 para o oitavo; os 2 primeiros colocados nas 3 primeiras corridas já se classificam para semifinal, e os 2 melhores nas duas corridas restantes também avançam. A semifinal tem um sistema parecido, são 2 grupos com 8 atletas disputando 3 corridas de 1 volta. Os 8 melhores disputam a final em uma única prova.
No feminino ocorre basicamente igual à metodologia masculina, porém como são somente 16 competidoras a disputa começa na semifinal.

Os países que levaram ouro nas últimas olimpíadas (Londres, 2012) foram a Letônia no masculino e a Colômbia no feminino.


O Ciclismo de Estrada está presente nas olimpíadas desde 1896, nos jogos de Atenas, e só ficou de fora das olimpíadas de 1900, 1904 e 1908; já a categoria feminina surgiu somente em 1984 nas Olimpíadas de Los Angeles.
As provas do Ciclismo de Estrada são disputadas tanto no quesito corrida, em que o ganhador é o atleta que atravessa a linha de chegada primeiro, quanto no "contra-relógio", em que ganha quem fizer o percurso em menos tempo.

Confira as distâncias percorridas e os países que levaram ouro nas Olimpíadas de 2012 em Londres.

Masculino

Corrida (250 km a 280 km): Cazaquistão
Conta-relógio (40 km a 50 km): Grã-Bretanha

Feminino

Corrida (100 km a 140 km): Países Baixos
Contra-relógio (20 km a 30 km): Estados Unidos

A modalidade Mountain Bike chegou nas olimpíadas em 1996, no jogos de Atlanta.



Os circuitos devem ter de 4 km a 6 km, não podendo ter mais de 15% de parte plana, sendo a maioria de subidas e descidas em terrenos irregulares, por esse motivo as bicicletas dessa modalidade precisam ter pneus mais largos e amortecedores; as provas devem durar entre 1h30 e 1h45.
Os campeões dessa modalidade nas Olimpíadas de 2012 foram a República Checa no masculino e a França no feminino.

A última modalidade, o Ciclismo de Pista, assim como o de estrada, está presente nas olimpíadas desde os jogos de Atenas em 1896.



No Ciclismo de Pista existem diversas competições:

Keirin

No Keirin a primeira prova é controlada por uma bicicleta motorizada que define a velocidade inicial (30 km/h para o masculino, 25 km/h para o feminino) e vai aumentando até chegar em 50 km/h no masculino e 45 km/h no feminino, isso tudo nos 2 primeiros quilômetros. Quando falta somente 600 m a 700 m de pista, a bicicleta motorizada sai e deixa os atletas acelerarem até a linha de chegada.

Omniun

Uma modalidade nova, que estreou nas Olimpíadas de Londres em 2012, com variadas provas; nela ganha quem se sair melhor em mais provas.
As provas são:

Flying Lap: são três voltas, as duas primeiras os atletas têm para ganhar aceleração, na última a corrida é cronometrada, e ganha quem fizer em menos tempo.

Corrida de pontos: a cada 10 voltas é tocado um sino que indica que quem concluir aquela volta na frente ganha pontos que são somados no final. O percurso masculino tem 30 km e o feminino tem 20 km.

Scrath: uma corrida tradicional, que ganha quem concluir o percurso primeiro. O percurso masculino tem 16 km; o feminino, 10km.

Perseguição individual: dois atletas largam em lados opostos da pista, vence o atleta que alcançar o outro ou o que concluir a corrida em menos tempo. O percurso masculino tem 4 km e o feminino tem 3 km.

Contra-relógio: o atleta vai para a pista sozinho para concluir o percurso no menor tempo possível. Para o masculino o percurso é de 1 km; para o feminino, 500 m.

Velocidade por equipes

As equipes masculinas são compostas por 3 atletas; e as femininas, por 2. A equipe que cruzar a linha de chegada primeiro vence. Na final as equipes largam simultaneamente em lados opostos da pista.

Perseguição por equipes

Assim como no individual, duas equipes competem largando em lados opostos da pista, e vence a equipe que alcançar a outra primeiro ou a que finalizar a corrida em menos tempo.

Velocidade individual

A competição começa com 18 atletas dando voltas sozinhos na pista, e depois de classificados as corridas são disputadas entre dois participantes, o que vence vai para a próxima fase. Vence o atleta que chegar mais vezes em primeiro lugar.

Confira os países que levaram ouro nas Olimpíadas de Londres em 2012:

Masculino

Velocidade individual: Grã-Bretanha
Velocidade por equipes: Grã-Bretanha
Perseguição por equipes: Grã-Bretanha
Keirin: Grã-Bretanha
Omnium: Dinamarca

Feminino

Velocidade individual: Austrália
Velocidade por equipes: Alemanha
Perseguição por equipes: Grã-Bretanha
Keirin: Grã-Bretanha
Omnium: Grã-Bretanha

Os maiores medalhistas do ciclismo no geral são os franceses, com um total de 90 medalhas, sendo 41 delas de ouro.

As Olimpíadas vão do dia 5 até o dia 21 de agosto deste ano no Rio de Janeiro.

https://www.blogger.com/profile/14657032355176316743
ulige
2016-05-30T13:30:00-03:00
Ciclismo Especial Olimpíadas 2016 Maiara Monteiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário