quarta-feira, 14 de setembro de 2016

quarta-feira, 14 de setembro de 2016
2437438315660114542
Os erros mais comuns ao redigir um e-mail
http://www.ulige.com.br/2016/09/os-erros-mais-comuns-ao-redigir-um-e.html
Livre-se deles!
Atividade recorrente nos dias atuais, mas que ainda apresenta dificuldades para muitos, graças às dúvidas gramaticais e ortográficas que muitos têm na hora de redigir um e-mail. Pois bem, veja abaixo os erros mais comuns:

Email / E-mail

Para início de conversa, a palavra correta é e-mail, com hífen.

Responder o e-mail / Responder ao e-mail

O verbo responder, no sentido de dar como resposta, é transitivo indireto, ou seja, requer o uso da preposição “a” = “dar resposta a alguém”.

Seguem as imagens em anexo / Seguem anexas as imagens

É preferível usar a palavra “anexo” como adjetivo, concordando com número e gênero do substantivo a que se refere. Ou simplesmente “seguem as imagens” – que estarão anexas ou diretamente no corpo do texto do e-mail.

Media a reunião / Medeia a reunião

Lembra-se dos outros verbos irregulares com final “-iar”: ansiar, incendiar, odiar.

A curto, médio, longo prazo / Em curto, médio, longo prazo

A expressão exige a preposição “em”.

Por hora / Por ora

O correto é “por ora”; o mesmo que “por enquanto”, “por agora”.

Esquecer da reunião / Esquecer-se da reunião

O verbo “esquecer” só é usado com a preposição “de” quando vem acompanhado de um pronome oblíquo (me, te, se, nos...). O mesmo vale para o verbo “lembrar”.

Fazem dez anos / Faz dez anos

No sentido de tempo decorrido, o verbo “fazer” só é usado no singular.

A dois anos / Há dois anos ou Dois anos atrás

Para indicar tempo passado, usa-se o verbo “haver”. O “a”, como expressão de tempo, é usado para indicar apenas tempo futuro ou distância. Ex.: “Falarei com o diretor daqui a cinco dias”; “Ele mora a duas horas do escritório”.

OBS.: "Há dois anos atrás", por exemplo, está incorreto, é pleonasmo. Leia a respeito aqui.

Haviam muitos; Vão haver muitos / Havia muitos; Vai haver muitos

No sentido de existir, o verbo “haver” fica sempre no singular.

Assistir a palestra / Assistir à palestra

O verbo “assistir”, no sentido de ver, exige a preposição “a”. Caso contrário, significa “ajudar”: “A enfermeira assistiu o paciente por horas”.

Implicar em retrabalho / Implicar retrabalho

O verbo “implicar” tem sentido de “requerer” e também de “acarretar” e, em ambos os casos, não admite preposição.

Chegar em São Paulo / Chegar a São Paulo

Verbos de movimento exigem a preposição “a”.

Perca de tempo / Perda de tempo

“Perca” é verbo: “Não quero que você perca sua fé em mim”.
“Perda” é substantivo: “Foi uma perda incalculável”.

À prazo / A prazo

Prazo é uma palavra masculina e, portanto, não acompanha o artigo "a", necessário para haver crase. Saiba mais sobre crase aqui.

Fonte: Runrun.it.


https://www.blogger.com/profile/14657032355176316743
ulige
2016-09-14T13:30:00-03:00
Discursiva Nathália Lippi

Nenhum comentário:

Postar um comentário