terça-feira, 13 de junho de 2017

terça-feira, 13 de junho de 2017
6720751659139500097
As 10 ilhas habitadas mais remotas do mundo
http://www.ulige.com.br/2017/06/as-10-ilhas-habitadas-mais-remotas-do.html

Cada qual com sua própria história de isolamento
Confira as extraordinárias ilhas habitadas mais remotas do mundo, cada qual com sua própria história de isolamento.

1. Ilha Amsterdam (França)

População: 25 pesquisadores
Região mais próxima: 3.370 km da Austrália


A ilha, basicamente, é um vulcão ativo, que entrou em erupção pela última vez em 1792. Descoberta pelo explorador espanhol Juan Sebastián Elcano, em 18 de março de 1522, a ilha abrigou em 1871 um morador francês, que tentou viver por um tempo, mas logo desistiu e deixou para trás cinco gados, que, em 2008, renderam uma população de mais de 2.000 gados – que, no fim, danificaram o ecossistema da ilha e, como consequência, foram abatidos em 2010. Atualmente, a ilha abriga a estação de pesquisa Martin-de-Viviès, com 25 pesquisadores não permanentes envolvidos em estudos biológicos, meteorológicos e geomagnéticos.

2. Ilha Santa Helena (Reino Unido)

População: 4.535
Região mais próxima: 1.850 km da Angola


Descoberta em 1502 pelos espanhóis, a Ilha Santa Helena é atualmente administrada pelo Reino Unido, em conjunto com a ilha da Ascensão e Tristão da Cunha. Durante centenas de anos, a ilha foi um importante porto de escala para os navios que navegavam entre a Europa e a Ásia; mas foi por ter sido o local onde os ingleses prenderam Napoleão Bonaparte que a ilha se tornou conhecida. Atualmente, a ilha é lar de 400 diferentes espécies de invertebrados que não existem em nenhum outro lugar da Terra.

3. Ilhas Svalbard (Noruega)

População: 2.667
Região mais próxima: 950 km do norte da Noruega


Svalbard é um arquipélago no Oceano Ártico que durante os séculos XVII e XVII foi usado como base por pescadores de baleia. Na Segunda Guerra Mundial, as ilhas forma ocupadas pelos nazistas, que construíram uma estação meteorológica. Atualmente, as ilhas são famosas por abrigarem a “Arca de Noé” dos tempos modernos, uma estrutura que abriga quase um milhão de sementes de todo o mundo.

4. Ilha Diego Garcia (Reino Unido)

População: 4.239
Região mais próxima: 1.796 km ao sul da Índia


Diego Garcia é um atol próximo à linha do Equador no Oceano Índico. Na década de 1960, a ilha abrigou mais de 1.500 chagosianos, um povo que desenvolveu sua própria língua, o crioulo chagosiano, com base no francês e diversa línguas africanas e asiáticas. Em 1968, os britânicos tomar posse do local, expulsando os chagosianos para dar lugar a uma base militar americana. Em 2016, após uma longa disputa legal, o tribunal britânico negou o direito de retorno aos chagosianos. Ironicamente, a base militar dos EUA chama-se “Camp Justice” e, de acordo com alguns artigos na internet, é tida como prisão da CIA. 

5. Île de la Possession (França)

População: 26 
Região mais próxima: 2.370 km de Madagascar


A Île de la Possession faz parte do arquipélago Crozet, sendo considerada como uma “Important Bird Area” por ser um local de reprodução de 26 espécies de aves marinhas. A ilha é habitada por apenas 26 pesquisadores da base Alfred Faure. 

6. Ilhas Laurie (Antártida) 

População: 28
Região mais próxima: 1.280 km das Ilhas Falkland


Esta remota ilha é lar da estação meteorológica mais antiga do mundo antártico, a Estação Meteorológica da Base de Orcadas, criada em 1904. A estação acolhe até 46 pessoas durante o verão e em média de 14 durante o inverno.

7. Raoul Island (Nova Zelândia)

População: 10
Região mais próxima: 980 km da Nova Zelândia


Também conhecida como Sunday Island, a Raoul, descoberta pelos ingleses, é uma ilha vulcânica muito ativa, sendo frequentemente atingida por terremotos. A ilha faz parte da Reserva Marinha das Ilhas Kermadec, a maior da Nova Zelândia, criada em 1990.

8. Ilha da Trindade (Brasil)

População: 32
Região mais próxima: 1.167 km de Vitória (ES)


A Ilha de Trindade pertence ao arquipélago Trindade e Martim Vaz. É um destino para poucos e que só pode ser visitado com permissão da Marinha, além de ser extremamente difícil ancorar em sua costa, sendo considerada pelos navegadores como um imenso paredão no meio do Atlântico. 

9. Tristão da Cunha (Reino Unido)

População: 293
Região mais próxima: 2.400 km da África do Sul


O arquipélago de Tristão da Cunha, batizado com o nome do explorador português que o descobriu em 1506, é considerado tão remoto que ganhou o título de “lugar mais remoto do mundo” e mereceu um post único aqui no Ulige.

10. Ilhas Pitcairn (Reino Unido)

População: 49
Região mais próxima: 2.120 km do Taiti


Conhecidas pelo motim do navio HMS Bounty, as Ilhas Pitcairn são atualmente habitadas por somente 49 pessoas, a maioria com sobrenome dos amotinados “Christian, Adams, Quintal e Young”, que deixaram o seu comandante à deriva a bordo de um bote com poucos suprimentos e outros 18 marinheiros em 1789.



https://www.blogger.com/profile/14657032355176316743
ulige
2017-06-13T13:00:00-03:00
Ilha Nathália Lippi Viagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário